Kinvo Artigos

Retail liquidity provider (RLP): o que é e quais as vantagens desse artifício?

Retail liquidity provider (RLP): o que é e quais as vantagens desse artifício?

Compartilhe essa publicação

A negociação de determinados ativos e derivativos financeiros da bolsa de valores pode ser mais difícil devido ao menor número de participantes. Para resolver parcialmente o problema de liquidez nesses casos, vale a pena saber o que é o RLP.

Esse mecanismo foi desenvolvido com o objetivo de ajudar quem deseja realizar negociações com mais eficiência — em especial, no mercado futuro. Ao conhecer a alternativa, você entenderá o que ela pode oferecer e como ativar o serviço.

A seguir, aproveite para saber o que é o RLP e entenda como ele pode ajudá-lo em seu cotidiano na bolsa!

O que é o RLP? 

O retail liquidity provider (RLP) também é conhecido como provedor de liquidez no varejo. Esse é um tipo de serviço presente na bolsa de valores brasileira (B3) para os investidores e especuladores que habilitem a função.

O sistema foi disponibilizado na bolsa brasileira em 2019 e tem sido aprimorado desde então. Porém, esse mecanismo já existe há algum tempo em bolsas internacionais — e costuma fazer sucesso entre os participantes do mercado.

Como esse serviço funciona? 

Depois de compreender o que é o RLP, vale a pena entender melhor como ele funciona. Assim, você saberá quais impactos esse mecanismo pode provocar quando é ativado.

O primeiro ponto a considerar é que o RLP não é aplicado a todos os ativos e derivativos. Inicialmente, ele foi usado apenas para minicontratos de índice e dólar. Em janeiro de 2022, a B3 passou a permitir esse tipo de negociação com algumas ações.

Em relação ao funcionamento prático, o RLP ativo na conta do investidor faz com que a instituição financeira se torne a contraparte da negociação. Nesse caso, o seu banco de investimentos passa a garantir a negociação dos minicontratos quando você decide sair da sua posição, por exemplo.

Isso é importante porque os contratos futuros precisam de duas partes se posicionando. A limitação pode fazer com que seja mais difícil sair de lotes maiores. Ao negociar 5 minicontratos, por exemplo, talvez você não consiga vender todos de uma vez.

Com isso, será preciso fatiar os lotes, obtendo preços diferentes para cada negociação. Como consequência, o lucro final pode ser menor. A partir do RLP, por outro lado, é possível fazer a venda em apenas um lote para o seu banco de investimentos.

Nesse caso, o preço obtido será igual ou superior ao maior preço do book de ofertas no momento. Assim, o risco de você fazer uma negociação desvantajosa em relação às condições apresentadas na venda se torna melhor. 

O principal objetivo desse mecanismo é garantir mais liquidez aos operadores — em especial, de derivativos financeiros, como os minicontratos futuros. Contudo, vale saber que o RLP é limitado às pessoas físicas. 

Quais as vantagens desse mecanismo?

Agora que você conhece as características do RLP, vale a pena entender quais vantagens ele oferece. Assim, é mais fácil compreender por que pode ser interessante recorrer ao mecanismo.

Confira quais são os principais pontos positivos!

Maior liquidez

Um dos principais benefícios envolve o ganho de liquidez na negociação de minicontratos futuros. Como a instituição financeira é a contraparte, você consegue negociar os derivativos com facilidade. Logo, é possível aproveitar condições específicas ou dar sequência à estratégia com mais eficiência.

Mais rapidez de negociação

Como não é preciso encontrar interessados na negociação dos derivativos financeiros, o RLP ativo garante negociações mais rápidas. Caso você aceite as condições oferecidas pela instituição financeira, a operação é finalizada com mais rapidez.

Menos negociações

Como você viu, a instituição financeira se torna a contraparte da operação no RLP e você não precisa fatiar um lote de minicontratos em diversas negociações. Assim, mais praticidade e redução dos custos operacionais.

Custo zero

Para ativar o RLP e aproveitar as condições que ele oferece, não é preciso pagar valores extras. Logo, você pode ativar ou desativar quando desejar, sem precisar se preocupar com cobranças nesse sentido.

Benefícios extras

É bastante comum que as instituições ofereçam vantagens extras para quem mantém o RLP ativo. Entre elas, a principal é a taxa de corretagem zero. Isso pode favorecer os resultados líquidos da sua estratégia no mercado financeiro, já que os custos operacionais serão menores.

Vale a pena ativar o RLP?

Como é uma alternativa relativamente nova, muitas pessoas ainda questionam se o RLP é bom ou ruim e se ele tem desvantagens. Considerar esses pontos, você poderá definir se vale a pena manter o RLP ativo.

Em relação aos aspectos que podem ser negativos, a principal crítica ao RLP é o fato de a própria instituição financeira se tornar uma contraparte da negociação. Assim, é comum a preocupação de que isso poderia gerar algum conflito de interesse.

Porém, o RLP já é usado com sucesso em diversas bolsas de valores de outros países. Então essa afirmação pode não se mostrar verdadeira.

Ao mesmo tempo, avalie como você realiza negociações na bolsa de valores. Se você não tiver o hábito de negociar minicontratos futuros, por exemplo, manter o RLP ativo não tem função prática. Portanto, também é necessário considerar as suas operações.

Como habilitar esse serviço no BTG? 

Depois de entender melhor o assunto, pode ser que você chegue à conclusão de que ativar o RLP é a melhor escolha para a sua realidade. Se esse é o seu caso, é essencial saber como ativá-lo em sua instituição financeira.

No BTG Pactual, a ativação é bem simples. Basta acessar sua área logada pelo site ou aplicativo e seguir para “Renda variável”. Nesse campo, selecione o menu referente às plataformas e serviços.

Na parte de serviços, você deve buscar a alternativa ligada ao RLP. Então selecione a opção de ativação e confira os termos do serviço. Após concordar com eles, o RLP estará ativo. Para desativar o mecanismo de liquidez, basta selecionar a opção nesse mesmo local da área logada.

Ao ativar o RLP do BTG, você pode contar com outras vantagens. Por exemplo, o acesso gratuito a plataformas de trade, caso seja realizada ao menos uma operação por mês. 

Como você acompanhou, o RLP é um mecanismo que pode oferecer mais liquidez para pessoas físicas na bolsa de valores. Se você realiza operações com minicontratos futuros e quer aproveitar melhores condições, vale a pena considerar manter esse serviço ativo em sua conta.

Essas informações foram úteis? Para traçar sua estratégia no mercado financeiro, aproveite e conheça os produtos de renda variável do BTG Pactual!

 

Fique sempre atualizado.

Assine nossa newsletter e receba conteúdo sobre o
mercado financeiro todos os dias.

    Você também vai gostar